PALLAS the sentinel (1984)

       Em meados dos anos 80 aconteceu um revival de bandas progressivas, New-Progs, que deixou alguns belos álbuns deste estilo, claro que guardada as suas devidas proporções, e pelo fato de que eu estava formando ainda meu parco conhecimento musical, e como sempre, procurando ouvir toda e qualquer novidade que tivesse algum apelo pessoal, uma capa legal, uma certa tendência futurística. O rock neo-progressivo ou simplesmente neo prog é um subgênero do rock progressivo, que surgiu na década de 80, renascido após a queda do movimento do rock progressivo clássico, na década de 70.  e claro, nunca escondí que gosto do progressivo, por que não, grupos como Pendragon, Pallas, IQ, Marillion, entre outros deixaram alguns discos bem interessantes no estilo entre o sinfônico, o folk, e até com um pé no heavy metal contando histórias de civilizações perdidas, ficção científica, agruras sentimentais com um certo apelo mais comercial que os progressivos tradicionais dos anos 60/70,  com faixas sequênciais em álbuns completamente temáticos e com um cuidado com as capas  e outros detalhes como as deste álbum dos escoceses do Pallas que é uma das mais belos deste período. Mas tenha cuidado, algumas destas bandas neo-prog caíram muito de qualidade no decorrer de suas carreiras, partindo pro metal farofa ou ao pop radiofônico inconsequente.
Edição Limitadíssima do álbum

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

The Paisley Underground Mixtape