sábado, 6 de janeiro de 2018

Mixtape Brasil 2017


                                                                                Mixtape BR 2017

01-LAVA DIVERS / PLUSH / love is (Araguari MG)
02-LOOMER / DESERTER / personal illusion (Porto Alegre RS)
03-SEBAGE / BEATNICK / diva (Maceió AL)
04-OS EX-FUMANTES / BRAZILIAN MAX / Baby, I need you (São Paulo SP)
05-JUNA / MARINA GOES TO MOON / Prologue (São Leopoldo RS)
06-CAMILLE CLAUDEU SHGZR / CAMILLE CLAUDEU / O que você quer (What you want) (Volta Redonda RJ)
07-ELECTRIC LO FI SERESTA / INTERSTELLAR MOTEL RADIO / see you again (Rio de Janeiro RJ)
08-HEROD / PLAYS KRAFTWERK / the model (São Paulo SP)
09-BIALS SPREECH / AGORA NÃO TEM VOLTA /quero ver você não chorar  (Maringá PR)
10-THIS LONELY CROWD / THIS LONELY CROWD / vancian noise (Curitiba PR)
11-THE TAPE DISASTER / OH! MYELIN / le satire (Porto Alegre RS)
12-THE SORRY SHOP / SOFTSPOKEN / lost in between (Rio Grande RS)
13-THE BAUDELAIRES / LOOKING FOR THE BIG STAR / last man on earth (Belém PA)
14-MIÊTA / DIVE / a gente não consegue terminar (Belo Horizonte MG)
15-LUVBUGS / DIAS EM LO-FI / Insolação (Rio de Janeiro RJ)
16-THE CIGARETTES / SATURNO WINS / lurking in the shadows (Rio de Janeiro RJ)
17-SOUNDLIGHTS / SONS QUE VEM DO SÍTIO / e o sopro (watch out) (Porto Alegre RS)
18-SIXKICKS / YOU SHOULD SING IN PORTUGUESEBUY MORE PEDALS AND PLAY LOWER / take time (São Paulo SP)
19-LUAN BATES / DISTANTE MINUTES / paradise (Natal RN)
20-GORDURATRANS / PAROXISMOS / quando boas lembranças se tornam uma tortura (Rio de Janeiro RJ)
21-RAKTA / OCULTO PELOS SERES / atrativos da mentira (São Paulo SP)
22-BOATS / MANIFESTO DOS SENTIMENTOS (IN)COMPREENSÍVEIS / song to say (Pau dos Ferros RN)
23-DEVILISH DEAR / THESE SUNNY DAYS / this isn’t happiness (Rio de Janeiro RJ)
24-FAR FROM ALASKA / UNLIKELY / monkey (Natal RN)
25-SWEET DESASTRE / SWEET DESASTRE / simbolicatron (Salvador BA)
26-STASE / THREE TOWERS / Decision (São Paulo SP)
27-SUBBURBIA / LUV EXORCISM / ghost in you (Curitiba PR)
28-MANTE / ALBA / arca (Curitiba PR)
29-MARIO THE ALENCAR / GREAT DIARY THINGS / feeling so blue (Maceió AL)
30-O MAR COBRINDO O SOL / NIVEL DE VOLATILIDADE / poço de frustrações (Vitória da Conquista BA)

sábado, 30 de dezembro de 2017

BEST 2017


01-JESUS & MARY CHAIN – damage & joy / can’t stop the rock
02-PETER PERRETT – how the west was won / hard to say no
03-CIGARETTES AFTER SEX – cigarettes after sex / apocalypse
04-PALE LIGHTS – the stars seemed brighter / I will not pray
05-ALDOUS HARDING – party / imagining my man
06-PLASTIC FLOWERS – absent forever / so long
07-COURTNEY BARNETT & KURT VILE – lotta sea lice / untogether
08-SLOWDIVE – slowdive / sugar for the pill
09-THE LAST DINOSAUR – the nothing / grow
10-THE WAR ON DRUGS – a deeper understanding  / strangest things
11-STAR TROPICS – lost world / all the way to heaven
12-OVERLAKE – fall / and again
13-SPLASHH – waiting a lifetime / see through
14-PALE SEAS – shoegazing for beginners / my own mind
15-BEACH FOSSILS – somersault / this year
16-RIDE – weather diaries / charm assault
17-THE PARSONS RED HEADS – blurred harmony / time after time
18-SEA PINKS – watercourse / shock of the new
19-LAST LEAVES – other towns than ours / the nights you drove me home
20-THE PROPER ORNAMENTS – foxhole / when we were young
21-PIA FRAUS – Field ceremony / autumn winds
22-THE BLACK ANGELS – Death song / medicine
23-AIRIEL – molten young lovers / your lips, my mouth
24-BRENT CASH – the new high / out for blood
25-CLOUD NOTHING – life without sound / enter entirely
26-SEE THROUGH DRESSES / horse of the other world / violet
27-MOLLY BURCH – please be mine / please forgive me
28-UV-TV – Glass / hear
29-FATHER JOHN MISTY – pure comedy / smoochie
30-ADRIAN CROWLEY – dark eyed messenger / unhappy seamstress


sexta-feira, 17 de novembro de 2017

ADRIAN CROWLEY - dark eyed messenger (2017)

Ele nasceu na Ilha de Malta, no mediterrâneo mas cresceu e vive em Dublin na Irlanda. Tem influências de Nick Drake, Leonard Cohen, Nick Cave e Scott Walker. Lembra Mark Lanegan e James Yorkston com um pouco mais de elementos eletro-acústicos.

domingo, 9 de julho de 2017

PETER PERRETT “How the west was won” (2017)

               


                O cara foi fundador do grupo inglês The Only Ones, importantíssimo que lançou 3 ótimos trabalhos em plena efervescência Punk no final dos anos 70. Saiu agora "How the west was won", um álbum honesto, perfeito, encharcado de guitarras na medida, baixo e bateria marcante, tradicional, e um vocal embebido pelo tempo desse cara que havia sucumbido aos excessos de drogas trancafiado em sua casa estilo gótico desmoronada e com as portas fortificadas contra invasões policiais.  Assistido por assistentes sociais, em estado de alerta quimicamente, mas sem perder seu humor mordaz. Seus pulmões estavam tão arruinados pelo crack que mal conseguia terminar uma canção sem precisar de uma máscara de oxigênio. Agora, emergido do abismo e conseguido manter suas faculdades mentais e musicais intactas, “eu não morri, pelo menos ainda não...” canta em “something’s in my brain”, Peter Perrett ressurge com um álbum que é uma verdadeira redenção.

  

sábado, 17 de junho de 2017

GLEN CAMPBELL adiós (2017)

                 
                    O lendário cantor e compositor Glen Campbell lançou uma última despedida de seus fãs ao lançar seu  álbum intitulado Adiós, que foi gravado em 2012, quando o "Rhinestone Cowboy" terminou formalmente sua carreira musical após ter sido diagnosticado com doença de Alzheimer.
                    O álbum contém diversas canções favoritas do músico como Everybody´s Talkin' (Fred Neil), These Days (Jackson Browne), (Imortalizada por Nico), Bob Dylan, Willie Nelson entre outros músicos foram re-gravados neste trabalho com vasta carga emocional celebrando mais de 60 álbuns em mais de 50 anos de carreira, um artista adorado e respeitado por Bono Vox, Nick Cave, Scott Walker, Lou Reed, Tom Petty, entre outros.
                     "Adios" contou com a ajuda de sua familia e de amigos como Carl Jackson na produção, leal companheiro de banda e com boa parte do trabalho aos cuidados do colaborador mais ilustre, Jimmy Webb, apesar do excesso de produção para ilustrar uma voz ainda potente e extremamente afinada, mas já um pouco desgastada pelo tempo e a doença, vale conferir a faixa "Adios" de Jimmy Webb que ficou famosa na voz de Linda Ronstadt.  Glen Campbell, um dos músicos americanos mais importante de todos os tempos, descansa agora, aos cuidados de sua familia, e deixa-nos  uma obra tão extensa e importante pra música de todos os tempos como poucos fizeram.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

ELF POWER - twitching in time (2017)

             


                Muito boa essa volta do grupo de Athens, Georgia USA a shows e esse bom álbum, eles vem daquela turma do selo Elephant 6 (of Montreal, Neutral milk hotel, Olivia Tremor control), 16 álbum em 25 anos de carreira.

Mixtape Brasil 2017