terça-feira, 2 de novembro de 2010

Syd Barrett - The Madcap Laughs (1970)

The Madcap Laughts é um documento único de uma mente anfetaminicamente distorcida. Primeiro álbum solo de Barrett após ser chutado do Pink Floyd devido ao abuso de drogas e completa impossibilidade de cumprir as responsabilidades de uma banda em crescimento vertiginoso pré "Dark Side of the Moon". Poeta mal-assombrado, fundador do Pink Floyd, responsável pela melhor fase do grupo  e mentor desse estilo músical chamado Rock Psicodélico. Syd Barrett era fã do escritor James Joyce e do visionário William Blake, musicou diversos poemas de Joyce (Golden Hair, por exemplo),. Roger Water e David Gilmour (que o substituiu no Floyd), o pessoal do Soft Machine, seus amigos, ainda, ajudaram nas gravações do álbum interrompido por diversas vezes para uma estadia num hospital psiquiátrico, um tímido folk, dedilhar de guitarras, as letras todas compostas por Syd, fora Golden Hair, demonstram um ser atormentado, destroçado e alheio a tudo e a todos, neste álbum, ele apenas canta o tormento de sua alma de forma crua e mais sincera possivel.
Memorial Syd Barrett - Primeira guitarra utilizada no Pink Floyd

"Barrett teve uma influência enorme sobre mim, eu achava que Syd tinha um talento colossal. Ele foi o primeiro cara que eu vi no meio dos anos 60, que conseguia 'decorar' um palco. Possuía uma aparência mística, estranha, com unhas pintadas de preto e olhos maquiados. Ele serpenteava em volta do microfone, e eu pensava: 'esse cara é totalmente hipnótico!'" (David Bowie)
"Era um inferno! não há lembranças agradáveis. Eu sempre saía com dor de cabeça. Syd era indisciplinado, jamais cantava a mesma coisa duas vezes. Tentar falar com ele era como conversar com uma parede de tijolos , pois seu rosto não demonstrava qualquer expressão... Era uma criança em muitos aspectos: Para cima num minuto, para baixo no outro."  Norman Smith , falando sobre Syd na produção do primeiro disco ‘The Piper Gates at the Gates of Dawn’.   

"O que realmente me chamou atenção em Syd foi que ele parecia uma espécie de personalidade élfica. Andava levemente nas pontas dos pés o tempo todo, meio que num passo saltitante. Tinha sempre um sorriso sarcástico no rosto, como se de alguma forma estivesse rindo do mundo. E era sempre um tanto solitário: podíamos estar com um grupo de pessoas e der repente Syd sumia. Simplesmente evaporava e dois dias depois voltava. Estava sempre muito na dele. O que eu gostava em Syd era aquela fantástica atenção aos detalhes." Aubrey Powell

8 comentários:

garoto azul do espaço disse...

poxa marco, mandou bem. esse é um daqueles discos da vida!

It4Lo disse...

Valeu pelo disco, Marco. É realmente um apanhado alucinante e alucinado de um sujeito Idem.
Mas só uma coisa ; qual é a senha para que se possa extrair o arquivo, Marcão ?

GLADSTON disse...

Poxa, muito legal a postagem, mais qual é mesmo a senha para extrair o arquivo?!

Marco Stecz disse...

acho que é nodatta.tv

Marco Stecz disse...

se não for... ja atualizo o link sem senha....

Marco Stecz disse...

Syd Barrett - The Madcap Laughs (1970)

http://www.mirrorcreator.com/download.php?uid=08P5ZCHZ

http://www.mirrorcreator.com/download.php?uid=04C7SX7E

Marco Stecz disse...

Pink Floyd and Syd Barrett (2010) An Introduction To Syd Barrett

http://www.fileserve.com/file/byPgqr6

TazHamid disse...

What's the password for the archives? Thanks TH

GLEN CAMPBELL adiós (2017)

                  Adiós                     O lendário cantor e compositor Glen Campbell lançou uma última despedida de seus fãs ao lan...